Menu

Fechar

PESQUISAR

experiencias no porto e santa maria da feira

Porto e Santa Maria da Feira – Conheça a Capital do Norte e a Cidade Medieval da Feira

Aventure-se pelo Norte de Portugal e visite a incrível cidade do Porto. Não deixe ainda de passar pela belíssima localidade de Santa Maria da Feira!

RIBEIRA DO PORTO
Um dos locais mais antigos e típicos da cidade é a Ribeira do Porto, situada na freguesia de São Nicolau, mesmo junto nas margens rio Douro. A Ribeira integra o Centro Histórico do Porto, considerado Património Mundial da UNESCO. Destacamos a Praça da Ribeira, o Muro dos Bacalhoeiros e a Casa do Infante.
CASA DA MÚSICA
Localizado na rotunda da Boavista, o edifício projetado pelo arquiteto e urbanista holandês Rem Koolhaas não passa despercebido. Desde a sua inauguração, em 2005, que a volumetria e originalidade da arquitetura da Casa da Música chama à atenção, acabando por se tornar num ícone da arquitetura contemporânea da cidade Invicta. Concebida para servir o projeto cultural “Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura”, a Casa da Música tem como objetivo ser palco de todo tipo de música, da clássica à eletrónica, do jazz ao fado, da grande produção internacional ao pequeno projeto experimental.
FUNDAÇÃO SERRALVES
Criada em 1989 como uma instituição cultural de âmbito europeu, a Fundação de Serralves está direcionada para a arte contemporânea e para o ambiente. Dona de uma enorme beleza e criatividade, a fundação inclui diferentes áreas, como a Casa, o Museu de Arte Contemporânea, a Biblioteca, o Auditório e o Parque.
DEGUSTAR OS SABORES DO PORTO
Para jantar, siga a nossa sugestão e experimente o muito discreto restaurante Museu d’Avó. Situado em plena zona da Cedofeita (Travessa de Cedofeita 56), este restaurante é um dos segredos mais bem guardados da clássica noite do Porto. Especializado em tapas da mais tradicional gastronomia nortenha, é um local intimista, bem decorado e que conta com um ambiente bastante jovem e diversificado. No final, deixe-se surpreender pela conta bastante económica.
LARGO DE MOMPILHER
Depois de um jantar delicioso, sugerimos que passe pelo discreto - mas muito popular - Largo de Mompilher. Neste pequeno largo situa-se um dos locais mais cool da cidade: a Champanheria da Baixa Bistrô. Com um excelente projeto de arquitetura e situado num centenário e lindíssimo edifício da baixa do Porto, a sua remodelação cruza tradição com modernidade, pelo que a visita vale a pena também do ponto de vista arquitetónico. A Champanheria é ainda o local perfeito para começar a sofisticada e muito eclética noite portuense. Se não souber o que pedir, sugerimos que se delicie com uma das mais populares especialidades da casa: a Sangria de Porto Tónico. Aforma perfeita de encerrar um dia na cidade!
VILA NOVA DE GAIA
Uma das experiências imperdíveis numa passagem pelo Porto é uma visita às caves do Vinho do Porto, localizadas em plena ribeira de Vila Nova de Gaia. Depois de visitar estas famosas caves, sugerimos que desfrute de uma das melhores vistas do Porto a partir do Cais de Gaia. Uma das melhores vistas pode ser desfrutada a partir do sofisticado Restaurante Dom Tonho de Gaia. A comida despertará a gula, a vista irá apaixonar os mais céticos e a simpatia e prontidão do serviço vai conquistar os mais difíceis.
CASTELO DE SANTA MARIA DA FEIRA
Siga depois até Santa Maria da Feira, suba até ao cimo do monte que comanda os destinos e a história da cidade e visite o castelo de inspiração gótica, quase saído de um conto de fadas e que serve de cenário à vida da localidade. Imponente e austero, da sua estrutura bem preservada sobressaem as torres cimeiras com coruchéus e quatro pináculos a ornamentar. As poderosas muralhas encontram-se protegidas por ameias seteiradas e troneiras dando um ar de fabulosa imponência a cada recanto. No exterior da muralha é impossível não visitar a lindíssima capela dedicada a Nossa Senhora da Encarnação, bem como a Casa da Capelania, que no seu estilo barroco seiscentista deixa qualquer um encantado. Com o decorrer dos anos, a população de Santa Maria da Feira foi-se deslocando para fora das muralhas, surgindo então habitações e comércio nas imediações do castelo.
VISIONARIUM – CENTRO DE CIÊNCIA
Situado muito perto da cidade de Santa Maria da Feira, o Visionarium desafia cada visitante a participar de forma ativa numa excitante aventura científica. À semelhança da Cidade das Ciências de La Villette, em França, ou do Exploratorium, de São Francisco, nos Estados Unidos da América, no Visionarium é possível levar a cabo inúmeras experiências manipulando os equipamentos que ali se encontram em exposição. Iniciativa da Associação Empresarial de Portugal (AEP), o Visionarium constitui um amplo esforço no sentido de promover a cultura científica do país, algo cada vez mais essencial à educação das novas gerações. O espaço físico do Visionarium é ainda constituído por um “experimentário”, uma sala de exposições temporárias e uma área ajardinada envolvente, onde é possível praticar atividades lúdicas.
MUSEU DO PAPEL TERRAS DE SANTA MARIA
Instalado num antigo engenho fundado em 1822, este museu dá a conhecer aos seus visitantes a história da indústria do papel. As coleções que ali podem ser visita¬das abarcam todo o concelho de Santa Maria da Feira, onde a indústria do papel tem sido, desde 1708, um setor fundamental na economia da região. Para além dos artefactos e da maquinaria utilizados, a exposição das marcas de água evidenciará as diferentes tipologias de filigranas criadas pelos fabricantes papeleiros das Terras de Santa Maria. Do imenso espólio documental, sobressai ainda o acervo de diferentes qualidades de papel, bem como papéis com marca de água dos séculos XVIII, XIX e XX, representativos da História do Papel em Portugal. De referir que em 2011 o museu ganhou o prémio de melhor museu português, atribuído pela Associação Portuguesa de Museologia. A constante renovação do núcleo da exposição permanente permite ainda o enriquecimento da oferta do Museu do Papel através de novos conteúdos interpretativos sobre a história mais recente da indústria de pasta e do papel em Portugal. Repartida em oito subnúcleos, estes conteúdos possibilitam que o visitante “viaje” desde a floresta até ao contacto direto com os tipos de papel disponíveis para as mais diversas utilizações. A exposição visa também realçar a diversidade e sustentabilidade dos produtos papeleiros e o seu contributo para a renovação e valorização da floresta portuguesa, sublinhando a importância desta indústria para o desenvolvimento económico, social e ambiental do país.
Textos por: And This is Reality (www.andthisisreality.com) e Look Mag (www.lookmag.pt)
Recomendamos

Visitar Bragança: Experiências e Locais a Visitar
Visitar Braga – Experiências únicas na Capital do Minho
Visitar Guimarães: Locais e Experiências Inesquecíveis
Lisboa – Cidade de Luz, Património e Experiências
Visitar Coimbra – Explore a História e Gastronomia da Região
Experiências no Algarve e em Faro – Praia, História e Natureza
Visitar Évora: História e Gastronomia Alentejana



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook