Menu

Fechar

PESQUISAR

Pratos típicos da culinária nordestina

Pratos típicos da culinária nordestina

De sabor forte e marcante, as comidas do nordeste brasileiro são uma delícia e merecem ser saboreadas lentamente

Cuscuz, de manhã ou à noite, sirva-se a vontade
Praia, sol, calor e muita diversão. Este é o resumo de tudo que se espera quando se escolhe o litoral nordestino para aproveitar os seus dias de descanso. Mas outra viagem obrigatória para fazer por esta região é um circuito mais intenso do que se imagina, uma viagem pelos sabores da culinária nordestina. Não é o momento para se preocupar com uma alimentação balanceada, relaxe e aproveite com a gente estas dicas deliciosas e imperdíveis. Nossa única certeza é que você não vai voltar para casa com sintomas de arrependimento por não ter experimentado os pratos da culinária nordestina.
Se passar pelo Ceará, experimente o Baião de Dois Nordestino
Uma receita que apesar do mesmo nome, não se parece em nada com aquele feito em São Paulo. O Cuscuz nordestino pode ser acompanhado com carne seca, ou apenas com manteiga. O prato típico da culinária nordestina é uma massa feita de fubá de milho, temperada com sal e cozida no vapor, umedecida com leite de coco, com ou sem açúcar. Feito na própria cuscuzeira, a tradicional receita do nordeste é mais esfarelada, o que o torna mais semelhante com a receita original trazida pelos africanos. Com suas variações, o Cuscuz Nordestino pode levar queijo ralado (que ao ser servido quentinho derrete pela massa), ou em sua forma doce, com coco ralado. Um prato típico simples com o sabor inigualável que só o nordeste brasileiro pode oferecer.
Dê uma parada e coma o Acarajé Baiano
Um prato típico do sertão nordestino, o Baião de Dois é a mistura certeira do arroz com feijão. Muito forte na culinária do Ceará, a receita é muito simples e não menos saborosa. O arroz cru é cozido já no caldo de feijão de corda pronto, juntamente com temperos como cebola, tomate, pimentão e especiarias como o coentro e a cebolinha. Depois de pronto ainda adiciona torresmo, linguiça e pedaços de queijo coalho. É um prato típico nordestino completo que descarta acompanhamento, mas há aqueles que pedem uma paçoca de carne seca ou o próprio cuscuz. A receita surgiu da necessidade dos mais pobres reaproveitarem toda a comida, sem desperdícios. O resultado foi essa deliciosa iguaria da culinária nordestina, que pode ser encontrado em qualquer restaurante do estado.
Pernambuco, a casa do Bolo de Rolo
Seu roteiro de viagens precisa fazer escala em um apimentado acarajé. Com sua origem no Candomblé, este é um dos pratos típicos da Bahia mais famosos do país e é a opção ideal para quem gosta de experimentar sensações mais quentes. É praticamente impossível pensar na Bahia e não ficar com vontade de comer esta delícia nordestina. Seu preparo é trabalhoso, mas o sabor é compensador. Muito mais que o paladar, a história está marcada nesta receita. Tão famosa quanto o próprio bolinho de feijão batido, as Baianas do Acarajé já se tornaram referência cultural no estado. Em 2005 o Instituto do Patrimônio Histórico eternizou as Baianas como bem cultural de natureza imaterial. Voltando para a receita, este prato típico da culinária nordestina, de sabor e aromas intensos, leva em sua massa uma pasta de feijão fradinho, alho e cebola processados. Após serem resfriados, os bolinhos são fritos no azeite de dendê, a massa é aberta e servida quente, podendo ser recheada com camarão, caruru, salada, vatapá, vinagrete, bacalhau e, claro, com pimenta. Deu água na boca em você também?
Antes da onda fitness, a Tapioca já ganhava o nordeste
Farinha de trigo, ovo, açúcar e manteiga, a massa desta receita que se popularizou na região com a chegada da Corte Portuguesa é bem simples. Por muito tempo da história do Brasil, era considerado um doce da nobreza, mas hoje ganhou as mesas de várias casas Brasil afora. Diferente de um bolo comum, a receita é patrimônio imaterial pernambucano. A massa extremamente fina é enrolada como um rocambole, e o recheio tradicional é de goiabada derretida. Com a sua popularização, o seu recheio foi ganhando novos sabores, e o Bolo de Rolo recheado com doce de leite também pode ser encontrado nas prateleiras de Pernambuco. Uma deliciosa sobremesa da culinária nordestina para adoçar a viagem de sua família por essa região, não é mesmo? Seu único arrependimento será o de não ter descoberto antes.
Este sabor é uma das iguarias mais amadas do nordeste, antes mesmo de ser o cardápio das dietas no país inteiro. Um dos pontos mais importantes em qualquer lugar, a culinária nordestina carrega em si fatos marcantes da história e da cultura de um povo. Enraizada de sabor, cor e textura, a Tapioca é feita da fécula extraída da mandioca, e ao ser colocada na frigideira, a massa se transforma em um crepe seco. Usada para substituir o pão na época da colonização, a Tapioca pode ser salgada, recheada com carne de sol ou queijo, ou doce, recheada com coco ralado ou manteiga. Patrimônio Imaterial e Cultural da Cidade de Olinda desde 2006, a Tapioca nordestina é a sua viagem histórica e gastronômica até a cultura dos índios tupi-guarani.
Recomendamos
feira de santana
salvador
vitória da conquista
maceió

Restaurantes de todas ass regiões do Brasil em São Paulo
Viaje pelo melhor da comida mineira
Roteiro de bicicleta elétrica em São Paulo
O que fazer em Pinheiros?



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook