Menu

Fechar

PESQUISAR

Onde ficar em Buenos Aires: os melhores bairros

Recoleta, Centro ou Palermo? Antes de decidir onde ficar em Buenos Aires, descubra o bairro que mais combina com o seu estilo de viajar. Assim, sua hospedagem vai fazer parte de uma experiência de viagem completa. 

Os melhores bairros para se hospedar
Buenos Aires é um dos destinos mais tradicionais e encantadores para quem deseja fazer uma viagem internacional. Mas, como a cidade reserva uma variedade de lugares incríveis para conhecer, a dúvida que surge é: qual o melhor local para se hospedar?

Para ajudar quem deseja saber onde ficar em Buenos Aires, preparamos algumas dicas de bairros e passeios para diferentes gostos e bolsos. Dessa forma, você economiza e aproveita com mais tranquilidade o melhor da arte, comércio e gastronomia da capital portenha.
Recoleta para os autênticos
Conheça a beleza arquitetônica da Recoleta: além das ruas arborizadas que convidam o turista para um passeio ao ar livre, os edifícios bem projetados dão um ar sofisticado ao bairro. E fica a dica: se você quer aproveitar o melhor da cultura e entretenimento sem passar sufoco com dinheiro ou localização, a Recoleta é perfeita pra você!

Um dos principais pontos turísticos dos arredores é o Centro Cultural Recoleta. Descubra as exposições do museu e as oficinas de artesanato, a entrada é franca! Na hora da fome, não deixe de conhecer as diversas opções gastronômicas locais, ou, se preferir, peça uma cerveja artesanal com petiscos enquanto aprecia o pôr do sol no terraço

Que tal fazer um tour pelo Cemitério Recoleta? Pode soar estranho agora, mas acredite: este é um passeio bem comum para os portenhos. Você ainda pode optar por uma visita guiada sem custo. Assim, irá conhecer mais sobre a história do local e, de quebra, ter companhia para esse rolê um tanto inusitado. 

E já que estamos falando de lugares excepcionais, que tal conhecer uma flor de 23m de altura? A escultura da Floralis Generica foi um presente de Eduardo Caetano para a Plaza de las Naciones. O diferencial da obra está em sua performance: a flor se abre ao nascer do sol e se fecha apenas quando a noite cai. A visita é agradável em ambos os períodos!

Estação de metrô mais próxima: Las Heras
Principais atrações: Museu Nacional de Belas Artes, Centro Cultural Recoleta, Cemitério Recoleta, Floralis Genérica, Espetáculo Fuerza Bruta (consulte a agenda), Feirinha de artesanato Recoleta, Palais de Glace.
Centro de Buenos Aires: vinho, história e comprinhas
A região central é excelente para ficar hospedado, especialmente porque você vai estar pertinho de diversos passeios imperdíveis. Experimente dormir no ibis Congreso e faça todos os passeios (inclusive os noturnos) a pé!

Com quase 70 metros de altura, o Obelisco é o maior e mais brilhoso monumento histórico da região. Além de cartão postal, o marco zero da cidade precisa estar no seu Instagram durante essa viagem. Não deixe esse registro para depois!

A Plaza de Mayo representa uma parte importante da história de Buenos Aires, pois desde o século XVI foi palco de manifestações políticas. Nos arredores, é possível visitar também a Casa Rosada, sede do governo argentino e de um pequeno museu, que abre gratuitamente de quarta-feira a domingo. 

Boas notícias para quem vai às compras em Buenos Aires: o centro espera você com uma ampla variedade de comércios. A primeira parada é a Galeria Pacífico, que fica ao lado de lojas muito bem avaliadas da Calle Florida e próxima a uma filial do Cafés Havanna, pra fazer uma parada e saborear um alfajor. Se o orçamento está baixo, a melhor opção para as compras é a Feira de San Telmo aos domingos, sempre lotada de barraquinhas e referência em pechinchas. Uma dica de lugar para encontrar um vinho bom e barato pela região é a loja Winery da Av. Belgrano. 

Depois de um dia de passeios cult, aproveite a região privilegiada do centro durante a noite para uma visita ao Café Tortoni, onde acontecem os clássicos shows de Tango. Melhor que isso, só se você estiver hospedado na região, não é mesmo?

Estações de metrô mais próximas: Florida, Lima e Bolivar
Principais atrações: Obelisco, Plaza de Mayo, Casa Rosada, Galeria Pacífico, Vinhos na Winery, Café Tortoni.
Palermo para os apaixonados por gastronomia e vida noturna
Palermo conquista moradores e turistas por reunir cultura, diversão, vida boemia, áreas verdes e, é claro, comida gostosa, tudo em um bairro só. Entretanto, para dar conta de tudo isso, existem as divisões de sub-bairros, descubra qual é a sua favorita!

No sub-bairro Palermo Soho, você aproveita passeios a tarde em galerias de arte e lojas de decoração, curte a noite nos diversos pubs e bares com música ao vivo ou toma uma cerveja numa casa de parrilla. O point de encontro é a Plaza Serrano, não tem erro. Ao cair da noite, os arredores da praça são frequentados pelos amantes da vida noturna. Aos fins de semana rola uma feirinha de artesanato e moda no local, que tal levar uma lembrancinha dessa viagem?

Se você possui um orçamento maior, vale uma visita à mais recente divisão do bairro, Las Cañitas. A sofisticação dos pubs e restaurantes elitizam a região.

A divisão do Palermo Hollywood vai agradar os amantes de filmes e séries: uma caminhada pela região e você encontra referências do cinema. A região é bem tranquila, indicada para pessoas que curtem compras, museus e cafés.

Aos amantes da natureza, fica a dica do Palermo Botânico, o sub-bairro mais próximo do Jardim Botânico, do Jardim Japonês, do Planetário e dos encantadores Bosques de Palermo

Estações de metrô mais próximas: Palermo e Carranza
Principais atrações: Plaza Serrano, Bares, Cafés, Rosedal (Bosques de Palermo), Jardim Japonês, Jardim Botânico, Mural da Frida, Planetário Galileo Galilei.
Recomendamos
Buenos Aires

Passeios em Buenos Aires: desvende o histórico Barrio de Congreso
Pubs e bares baratos em Buenos Aires
O que fazer em Buenos Aires: 7 passeios gratuitos



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook