Arcos da lapa e centro do Rio de Janeiro

O que fazer no centro do Rio de Janeiro?

Saiba o que fazer no Centro do Rio de Janeiro e fique por dentro das nossas dicas de passeios imperdíveis desta rica região.

O Rio de Janeiro já consegue encher os olhos de quem o visita apenas pelas paisagens de suas praias. Mas a cidade vai muito além da areia e do mar. Quem passeia pelo Centro do Rio tem a oportunidade de conhecer pontos turísticos históricos que recontam a história da cidade carioca.
Tome um café na Confeitaria Colombo
Em seus mais de 100 anos de história, a Confeitaria Colombo é o ponto mais tradicional para se tomar um café, praticamente tornando-se uma atração turística do Rio. Instalada na Rua Gonçalves Dias, no Centro histórico do Rio de Janeiro, a confeitaria está entre os 10 belos cafés de todo o mundo. Sua construção tem traços da Belle Époque, e alguns anos depois foi reformada com ares Art Nouveau, uma verdadeira viagem arquitetônica. No cardápio tem os deliciosos Pastel de Nata e Viradinho de Morango, além da famosa coxa-creme, bebidas quentes, pão de queijo, pães, sanduíches e diversos doces e quitutes portugueses.
Visite alguns dos melhores museus do Brasil
Ao menos dois locais no Centro do Rio contam muito mais sobre a cultura da época em que a cidade carioca era a capital do Brasil. O Museu Nacional de Belas Artes foi criado em 1937, mas o seu edifício foi projetado 30 anos antes. Em uma área de 17 mil metros quadrados, o museu abriga mais de 18 mil quadros e esculturas originais. Por isso, não deixe de visitar o espaço da Galeria de Arte Brasileira e admirar alguns dos clássicos do século XX, como “Café” de Candido Portinari. Ainda caminhando pelo centro, não deixe de visitar o Museu de Arte do Rio - MAR na Praça Mauá. O acervo promove uma visão lúdica da história da cidade e as exposições do fotógrafo austríaco Kurt Klagsbrunn e o brasileiro Evandro Teixeira são os destaques. O recém-inaugurado o Museu do Amanhã é uma parada obrigatória. Localizado na região do Porto Maravilha, antiga zona portuária do Rio de Janeiro, a proposta é utilizar a ciência para apresentar experiências que promovam a percepção e a reflexão de como será a vida nos próximos 50 anos, além de debater temas como mudanças climáticas, crescimento e longevidade populacionais.
Passeie pela história do Rio
O centro do Rio de Janeiro é um museu de história e cultura carioca a céu aberto com prédios e igrejas centenários. O Real Gabinete Português de Leitura retrata a influência de Portugal na cidade maravilhosa – a fascinante arquitetura em estilo manuelino é uma atração à parte. São quase 180 anos de história que resultaram em um acervo de 400 mil exemplares de livros, incluindo algumas "primeiras edições", como a de Os Lusíadas de 1572. Já a Igreja de São Francisco da Penitência vai te surpreender com a riqueza de detalhes que se escondem dentro de uma simples fachada. O interior barroco, em grande parte entalhado pelo mestre do Aleijadinho, foi concluída em 1772 e revestida com folhas de ouro. Outra atração na região é o Theatro Municipal. Inaugurado em 1909, é o único teatro brasileiro a manter seu próprio corpo artístico com orquestra, coral e ballet. Além da programação diversificada, é possível fazer visitas guiadas para conhecer os detalhes do luxuoso interior.
Comece sua noite no Arco do Teles
Outro ponto carioca imperdível no centro do Rio de Janeiro é o Arco do Teles, uma região tombada pelo Patrimônio Histórico e, por isso, tem até hoje a fachada colonial do século XIX preservada. Durante o dia você pode conhecer a culinária carioca nos restaurantes na rua de paralelepípedo fechada para automóveis. O Restaurante Escondidinho tem uma das melhores costelas bovinas da cidade. Já o Beco dos Barbeiros é um ótimo local para quem está atrás de refeições com um bom custo-benefício. O Restaurante Makoto apresenta o melhor da cozinha asiática, principalmente as famosas Gyosas, em variações salgadas e até doces. Para o fim de tarde, vá até o Carmem Miranda House in Club, um dos diversos bares da região e antiga casa da atriz e cantora. Além dos quitutes e das refeições, às terças e sábados acontece uma animada noite de Karaokê.
Tome uma cerveja na Lapa
Também considerado parte do refúgio boêmio do Centro do Rio de Janeiro, a Lapa é ponto de encontro de quem busca chope, música e gente descontraída. A partir dos famosos Arcos da Lapa, obra feita no período colonial que é um dos diversos cartões-postais da cidade, é possível escolher como será a sua noite. Assim que o sol vai embora, os bares iluminam as ruas e enchem as calçadas com mesas e cadeiras e as filas começam a surgir na porta das casas de shows como o Circo Voador e a Fundição Progresso. O Enchendo a Linguiça é um ponto dos mais tradicionais para comer uma boa linguiça artesanal ou o joelho de porco à pururuca. Durante a semana as promoções são um convite à parte aos visitantes. Nas segundas e terças-feiras, o bar chega a oferecer até 30% de descontos em alguns pedidos. Também na Avenida Mem de Sá, você pode aproveitar a noite no Bar das Quengas. O nome sugestivo é referência a um antigo prostíbulo que funcionava no local. As janelas do casarão são enfeitadas com varais de roupas íntimas, o que batiza o local da maneira mais divertida. Porções, petiscos, e carnes feitas na brasa são parte do cardápio que, entre as refeições e os tira-gostos, atraem diversos turistas e moradores todas as noites.
Recomendamos

O que fazer em Ipanema?
O que fazer em Copacabana?
Onde comer comidas típicas do Rio de Janeiro
Rio de Janeiro visto de cima
Moitivos para visitar Curitiba
5 Motivos para visitar Porto Alegre
6 Motivos para visitar Belo Horizonte
Os restaurantes em São Paulo dos chefs mais famosos da TV



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook