Menu

Fechar

PESQUISAR

Vista aérea Mercado Ver-o-peso

4 motivos para conhecer o Mercado Ver-o-Peso, em Belém

Descubra por que a maior feira gastronômica da América Latina não pode ficar de fora do seu roteiro de viagem

Quer conhecer os aromas e sabores de Belém? Não deixe de visitar o famoso Mercado Ver-o-Peso! Às margens do rio Guamá, a maior feira livre da América Latina reúne desde comidas típicas do Pará até artesanato indígena. Confira abaixo 4 motivos para visitar e um dos principais pontos turísticos de Belém.
1. Ingredientes da Amazônia
Explore os exóticos ingredientes da Amazônia. Castanhas, tucupis e pimentas são alguns dos itens que você vai encontrar ao longo da feira, sempre distribuidos em setores. Mas a área que faz mais sucesso entre os turistas é a de frutas e polpas, onde dá para provar cambuci, cupuaçu, taperebá, birici e o queridinho açaí. Não deixe de experimentar também os sucos refrescantes, ótimos para espantar o calor típico da região. Aproveite para levar um gostinho de Belém no paladar e na bagagem.
2. Comidas típicas do Pará
Andar pelos quiosques repletos de ingredientes e temperos com certeza vai dar água na boca. Então, quando bater aquela fome, é só fazer uma pausa na praça de alimentação do mercado e provar algumas das iguarias típicas da região. O peixe frito acompanhado de açaí e farinha de mandioca é campeão de pedidos, mas também tem arroz de jambu, maniçoba, pato no tucupi e tacacá. Para um lanche, a dica é chegar nos quiosques de mingau. Isso mesmo, tem mingau de arroz, de tapioca, de milho ou de banana, e todos levam leite condensado e canela para adoçar. Já imaginou?
3. Ervas Medicinais
Mas a feira livre também reserva uma atração especial: o setor de ervas medicinais. Perfumes, óleos, sabonetes e loções feitos a partir de plantas nativas recheiam as prateleiras dos quiosques. As erveiras garantem que algumas misturas são capazes de curar doenças, como colesterol e diabetes. Os turistas ficam encantados com as coloridas garrafadas, popularmente conhecidas como "poções milagrosas", que prometem acabar com o mau olhado ou atrair a pessoa amada. O local certamente vai render aquela lembrançinha de viagem bem criativa.
4. Artesanato indígena
Outro ponto forte do Mercado Ver-o-Peso é o setor de artesanato, com itens de decoração e bijouterias. Destaque para as peças de cerâmica marajoara, produzidas pelas tribos indígenas da Ilha de Marajó, e para os objetos feitos com miriti, uma palmeira que possui aparência de madeira e leveza de impressionar. O mais curioso é que todos os objetos são confeccionados a partir de sementes, raízes, cascas de árvores e outros elementos da natureza, garantindo peças únicas e originais. Praticamente impossível sair de lá sem levar alguma coisa para casa.
Recomendamos

4 pontos turísticos de Belém para curtir a natureza e relaxar
O que fazer em Belém com chuva?
4 feiras de artesanato em Maceió que você precisa visitar



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook