Menu

Fechar

PESQUISAR

Esportes radicais em Lima e região

4 lugares para praticar esportes radicais em Lima e região

Que tal voar, remar e surfar na areia ou na água? Confira as modalidades mais procuradas e divertidas de esportes de aventura para aproveitar em sua viagem ao Peru

Lima e arredores têm de tudo um pouco: cultura de civilizações antigas, gastronomia premiada e muitos esportes radicais. Isso mesmo, se sua vontade é voar bem alto, deslizar dunas de areia abaixo, remar em uma canoa ou surfar em belas ondas tubulares, a capital do Peru e região oferecem diversão radical e inesquecível. Confira quatro modalidades superinteressantes para sua viagem ficar ainda mais legal.
No ar: parapente
Já pensou em curtir a paisagem incrível da costa peruana das alturas? Quem voa de parapente por Lima vê a cidade desse ângulo! Partindo do Parque Raimondi, você navega pelo céu e aprecia a região de Miraflores a 200 metros do chão. Sem contar que os ares dali permitem manobras bastante dinâmicas, revezando entre a proximidade dos penhascos e dos prédios da orla - e ver o próprio reflexo nas vidraças dos últimos andares é uma sensação única! Se você não tem experiência para praticar sozinho, instrutores altamente treinados e licenciados pelas autoridades locais voam junto e pilotam. Ou seja, não é necessário se preocupar, apenas aproveitar a carona. Para quem já tem conhecimento e sabe lidar com o equipamento, algumas empresas oferecem o passeio solo. Crianças e portadores de necessidades especiais também podem aproveitar com os parapentes adaptados. É um tour imperdível e muito emocionante.
Na areia: sandboard
Agora, para praticar um esporte radical em terra firme, nada como o divertido sandboard! Descer as colinas de areia das redondezas de Lima é uma atividade superprocurada porque, além de emocionante, é cercada por um visual que lembra um oásis. A apenas 40 quilômetros da capital peruana, as altas dunas de Punta Hermosa, por exemplo, conquistam os visitantes pela beleza dos lençóis, segurança do passeio e profissionalismo dos guias. Mas, quem deseja visitar a mais impressionante de todas as paisagens para a prática, não pode deixar de fora a vila Huacachina, no deserto de Ica. Mais do que parecer um oásis, a área é um de verdade. Cercado por dunas de quase 400 metros de altura, o lago com árvores forma um pontinho verde no meio da árida imensidão amarela. É uma vista pra lá de impressionante. Pelo vale você pode passear de buggy e descer pelas colinas surfando. Aqueles com experiência se arriscam em pé na prancha, mas dá para deslizar sentado também. E apesar da viagem mais longa – aproximadamente 4 horas de Lima até Ica – vale a pena tanto pelo destino quanto pela paisagem do trajeto. Quem vai uma vez, quer ir de novo.
A bordo: canoagem
E se você quer se refrescar, a canoagem é o esporte certo. Os trajetos variam de acordo com o seu objetivo: se deseja uma pitada maior de aventura, pode praticar nos trechos um pouco mais agitados, como na lagoa Albufera. Em seus sete quilômetros de extensão e clima árido, dá para viver uma experiência bem completa a bordo da canoa - e você ainda corre o risco de se deparar com as belas aves migratórias que circulam pela região, uma beleza só! Já para um passeio um pouco mais relaxante, a pedida é a costa de Lima, no mar. Sempre com guias e equipamentos de segurança completos, o esporte é um mix de diversão e tranquilidade refrescante.
Na água: surfe
Agora, para se molhar de uma vez, o clássico – e não menos aventureiro – surfe é o queridinho dos brasileiros no mar peruano. Os movimentos e a brisa do Oceano Pacífico combinados à localização da costa do Peru formam ondas de todos os tipos o ano inteiro. No sul de Lima, predominam as ondas mais longas, cheias e com água gelada. Já quem prefere as mais quentinhas, curtas e tubulares, precisa pegar o rumo do Norte, a partir de Piura - distante de Lima mas para quem ama o esporte, fica a dica. No balneário Punta Hermosa, a aproximadamente 30 minutos do centro de Lima, mais uma leva de ondas diferentes toma conta e atrai surfistas de várias regiões. Prancha, protetor solar e roupa própria para o esporte é tudo que você vai querer levar para esse destino tão bonito.
Recomendamos

Conheça pontos turísticos de Lima em três tours incríveis
3 museus em Lima para quem curte arte peruana
O que fazer em Lima antes de viajar para Machu Picchu
Pratique esportes na Praia de Copacabana
3 lugares para praticar esportes de aventura próximos a Aracaju
SUP em Maceió: 3 lugares para praticar o esporte



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook